Notícias

COVID-19: Petrolina abre agendamento para vacinação neste domingo

A imunização acontecerá a partir da segunda-feira (12), em pontos fixos e de drive-thru espalhados pela cidade, das 8h às 17h, sem intervalo para almoço.

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Petrolina, recebeu uma nova remessa de vacinas contra o novo coronavírus e vai abrir, neste domingo (11), o agendamento de 4 mil vagas na plataforma vacinacaopetrolina.tisaude.com. A imunização acontecerá a partir da segunda-feira (12), em pontos fixos e de drive-thru espalhados pela cidade, das 8h às 17h, sem intervalo para almoço.

O município continuará com a faixa-etária de 40 anos para a população em geral. Já com idades de 18 a 59 anos serão vacinados trabalhadores de saúde autônomos; trabalhadores da educação atuantes em creches, na educação infantil, ensino fundamental, médio, técnico, superior e EJA da rede pública e privada.

Os públicos pertencentes às forças armadas; caminhoneiros; trabalhadores da indústria e da construção civil; e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, irão seguir o critério por faixa etária, ou seja, para receber a vacina devem ter 40 anos ou mais.

A imunização também continua para as gestantes, puérperas, idosos faltosos e pessoas que possuem comorbidades, exclusivamente, no polo do SESC, no Centro. O público com comorbidades precisa agendar a vacinação e apresentar laudo comprobatório da doença no dia marcado para imunização. Os trabalhadores de saúde, da rede pública e privada, que ainda foram imunizados devem agendar a vacina para o polo exclusivo da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). 

A população em geral precisa levar documento de identificação com foto, CPF ou cartão SUS e comprovante de residência. Os públicos pertencentes aos demais grupos preconizados para vacinação devem apresentar, além da documentação pessoal, um comprovante de vínculo empregatício ou contracheque.

Notícias

Seminário da Fenagri 2016 vai destacar agroindústrias e expansão de mercado

A programação inclui ainda o Encontro de Negócios, Minicursos e a Vila da Agricultura Familiar, além da área de exposição com 10 mil metros quadrados. A 26ª Fenagri será lançada em Petrolina nesta quinta-feira (7).

Consolidado como um dos principais eventos da Feira Nacional da Agricultura Irrigada – Fenagri, que acontecerá no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, em Petrolina – PE, de 25 a 28 de maio próximo, o Seminário deste ano vai apresentar o tema Agroindústrias no Vale – bases legais e tecnológicas para expansão de mercado. A Embrapa Semiárido já definiu a programação e durante a manhã e tarde do dia 27, reúne no Senai Petrolina  especialistas do setor com o propósito de fortalecer as ações para manutenção e expansão do mercado da agroindústria local.

O encontro começa às 8h, com a abertura oficial seguida da primeira palestra destacando o tema, Aspectos legais para o estabelecimento das agroindústrias, que será apresentado por Aionne Guimarães, da Agência Municipal de Vigilância Sanitária. Na sequência, a consultora do Sebrae, Márcia Maria de Medeiros Santos fala ao público sobre o Comércio e mercado dos produtos agroindustriais locais: possibilidades de mercado para agricultura familiar.

Depois de um rápido intervalo, os participantes poderão tirar dúvidas sobre o posicionamento de mercado de produtos agropecuários através dos signos distintivos, acompanhando a palestra do representante do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Gilberto Carlos Cerqueira Mascarenhas. A última atração da manhã, ficará a cargo da professora da UNEB,  Rita de Cássia Mirella Resende Nassur, que versará sobre o tema Embalagens: vida útil e valorização do produto.

O Seminário retoma as atividades no turno da tarde, debatendo o assunto Agroindústria da uva no Vale do Submédio São Francisco,  realidade x potencialidade, com apresentação  do professor Marcos dos Santos Lima, do Instituto Federal do Sertão Pernambucano – Petrolina (IF-Sertão). Depois, o público pode conferir como funciona o processamento do coco verde para obtenção de água de coco, polpa e fibras. Para falar sobre este tema foi convidado o pesquisador Fernando Antônio Pinto de Abreu, da Embrapa Agroindústria Tropical (CNPAT).

Com o encerramento marcado para 18h, o Seminário apresenta ainda a palestra, Desafios da agroindústria de polpa de frutas e subprodutos, com Ana Júlia de Brito Araújo do Instituto Federal do Sertão Pernambucano – Petrolina (IF-Sertão). E, após um intervalo, os participantes terão acesso a um estudo de casos de empresas de diferentes portes instaladas na região.

O Seminário Agroindústrias no Vale – bases legais e tecnológicas para expansão de mercado é uma promoção da Embrapa com apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Prefeitura Municipal de Petrolina, Câmara de Fruticultura, Sindicato da Agricultura Familiar e Sebrae.

Ascom