Notícias

Brasil ultrapassa 131 mil óbitos em decorrência do coronavírus

País é o segundo do mundo em número de mortes, fica atrás apenas dos Estados Unidos

Os Estados Unidos concentram o maior número de mortes: são 193.483 mil, seguido do Brasil com mais de 131 mil pessoas mortas e a Índia com 77.742 mil. – Alejandra De Lucca V. / Minsal 2020

O Brasil segue como o segundo país com maior registros de mortes em decorrência do vírus no mundo. Segundo dados da Universidade Johns Hopkins (Estados Unidos), em todo o planeta, o número de óbitos somam 917.183 milhões.

Em números absolutos, os Estados Unidos concentram a maior parte dos casos de mortes: são 193.483 mil, seguido do Brasil com mais de 131 mil pessoas mortas e a Índia com 77.742 mil.

Quanto ao número de contaminados, a Índia supera o Brasil. Os números são: Estados Unidos com 6.474.487 milhões, Índia com 4.659.984 milhões e o Brasil com 4.315.687 milhões.

São Paulo de aproxima de 900 mil casos

Desde o registro do primeiro caso, o estado de São Paulo segue registrando o maior número de casos e óbitos. Até este sábado, são 890.690 mil casos confirmados e 32.567 óbitos.

São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Pernambuco são os estados com maior número de casos e óbitos. Respectivamente, são mais de 890 mil, 240 mil, 227 mil e 136 mil casos confirmados. E mais de 32 mil, 16 mil, 8 mil e 7 mil óbitos.

Os dados apontam uma queda no número de mortes nos últimos dias com em relação à períodos anteriores, no entanto, as estatísticas mostram ainda que as taxas de transmissão voltaram a crescer no país.

https://www.brasildefato.com.br/

Notícias

Brasil registra 120,8 mil mortes pelo novo coronavírus

Ministério da Saúde informa que, nas últimas 24 horas, foram 366 novos óbitos e 16.158 novos casos confirmados da doença; já são 3.862.311 brasileiros contaminados pelo vírus

Vacina contra o coronavírus (foto: reprodução)

Com mais 366 mortes nas últimas 24 horas, o Brasil totaliza a perda de 120.828 vidas para o novo coronavírus desde o início da pandemia.

O dado consta no boletim do Ministério da Saúde divulgado neste domingo (30). O documento mostra que foram registrados novos 16.158 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso, o total de brasileiros infectados pelo novo coronavírus chegou a 3.826.311.

A evolução dos números mostra que o país está longe de vencer a emergência sanitária. 

O Brasil é o 10º com mais mortes por 100 mil habitantes no mundo e alcançou essa posição na semana passada, ultrapassando os EUA nesse ranking.

https://revistaforum.com.br/

Notícias

Acampamento do MST em MG é alvo de despejo em meio à pandemia

Forças policiais realizam ação contra famílias do Quilombo Campo Grande na madrugada de quarta (12)

As famílias seguem no local e tentam negociar a permanência na área – Foto: MST

O acampamento Quilombo Campo Grande, que reúne 450 famílias sem-terra no município de Campo do Meio, localizado no sul de Minas Gerais, é alvo de despejo iniciado na madrugada desta quarta-feira (12). A ação conta com dezenas de viaturas e policiais de outras cidades.

A reintegração de posse, que prevê a retirada da vila de moradores e da estrutura da Escola Popular Eduardo Galeano, foi emitida pela Justiça estadual mesmo sob decreto de calamidade pública em Minas Gerais devido à pandemia do novo coronavírus. As famílias seguem no local e tentam negociar a permanência na área. Até o momento, apenas a área da Escola foi reintegrada.

Famílias permanecem no local e denunciam gravidade da reintegração em meio à pandemia / Foto: MST

Integrantes da coordenação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) denunciam que a responsabilidade por feridos ou mortes em decorrência de um conflito direto com as forças policiais são de responsabilidade do governador Romeu Zema (Novo), que permitiu o despejo em meio à crise de saúde pública sem precedentes no país.

Segundo o MST, a decisão descumpre acordo firmado em mesa de diálogo sobre o conflito, para que as famílias permanecessem no local ao menos enquanto houvesse necessidade de isolamento social.

Ainda de acordo com o movimento, a ostensividade policial é frequente contra os acampados. Em 30 de julho, por exemplo, mais de 20 policiais invadiram casas no acampamento e prenderam o sem-terra Celso Augusto, conhecido como Celsão, que foi liberado no mesmo dia.

Conforme relataram os acampados, os agentes entraram nos imóveis armados de fuzis e pistolas, quebrando portas e janelas. O MST denuncia ainda que, no dia anterior ao despejo, a polícia rondou o acampamento com viaturas e drones, intimidando as famílias.

Histórico

Os acampados vivem na área da usina falida Ariadnópolis, da Companhia Agropecuária Irmãos Azevedo (Capia), que encerrou as atividades em 1996.

As famílias do Quilombo Campo Grande ocupam o terreno desde 1998 e são referência na produção agroecológica. A região do sul de Minas, conhecida por ser a maior produtora de café do Brasil, é berço do café orgânico e agroecológico Guaií. Os agricultores também desenvolvem atividades como plantio de cereais, milho, hortaliças e frutas.

MST ressalta responsabilidade do governador Zema, que permitiu que as famílias fossem alvo do processo de reintegração / Foto: MST

MST ressalta responsabilidade do governador Zema, que permitiu que as famílias fossem alvo do processo de reintegração / Foto: MST

Com a iminência da reintegração de posse, o Quilombo recebeu dezenas de vídeos e manifestações de solidariedade. Cartas foram enviadas ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais e uma petição online contra o despejo envolveu representantes de 24 países, 32 entidades internacionais e nacionais, e outros 98 coletivos.

Outras entidades como o Conselho Estadual de Direitos Humanos (Conedh), a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM), a Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MG), a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais e a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedese) alertaram, sem obter respostas do Tribunal de Justiça, para os riscos da reintegração em meio à pandemia.

“Essa é a realidade quando se coloca fascistas no governo. Mesmo sendo de conhecimento de todos a manobra corrupta feita com um juizeco local, nenhum órgão público conseguiu interceder para que as famílias ficassem em suas casas, mesmo no meio da pandemia. Mas nós aprendemos sempre a voltar mais fortes. E eles podem esperar, vai ter retorno. Essa terra é nossa por direito e não abrimos mão de nenhum centímetro dela”, afirma Tuíra Tule, da direção estadual do MST.

https://www.brasildefato.com.br/

 

Notícias

Brasil chega a 100 mil mortos por covid-19, segundo dados de consórcio da imprensa

País tem 6,5% dos casos e 7,2% dos óbitos de todo o planeta, apesar de possuir apenas 2,7% da população mundial

Micrografia eletrônica de transmissão de partículas do vírus covid-19 isoladas de um paciente – Imagem capturada no NIAID Integrated Research Facility (IRF), em Maryland, nos EUA – NIAID

O Brasil chegou, na tarde deste sábado (8), à marca dos mais de 100 mil mortos por coronavírus, segundo dados compilados pelo consórcio de imprensa que reúne os veículos Folha de São Paulo, O Globo, G1, O Estado de S. Paulo, Extra e UOL. Foram 538 novos óbitos desde a sexta-feira (7) até às 13h30min deste sábado, o que faz com que o montante de vítimas fatais seja de 100.240 pessoas.  O resultado vem quase cinco meses após a primeira morte ocasionada pela covid-19 no país, em 12 de março. 

O total de pessoas contaminadas pelo vírus agora já se aproxima dos 3 milhões, com 2.988.796 casos notificados. Assim, o país tem 6,5% dos casos confirmados e 7,2% dos óbitos de todo o planeta, apesar de possuir apenas 2,7% da população mundial. 

O boletim do Ministério da Saúde deste sábado, que também deve confirmar a marca de mais de 100 mil mortos, ainda não foi divulgado.

https://www.brasildefato.com.br/

Notícias

Brasil chega perto das 80 mil mortes por covid-19

Com 753 novos registros de sábado para domingo, o número de infectados foi a 2.098.389, segundo levantamento do Conass.

Levantamento do Conass aponta para 23.265 casos e 753 óbitos nas últimas 24h – Flávio Dutra/JU

O Brasil chegou, neste domingo (19), ao registro de 79.499 vítimas fatais do novo coronavírus, de acordo com dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Nas últimas 24 horas, foram 753 mortes notificadas pelas autoridades de saúde.

O número de infectados confirmado no país, ainda conforme o balanço, é agora de 2.098.389. Destes, 23.265 foram confirmados no último dia. A taxa de letalidade segue em 3,8%.

O ranking de estados mais afetados segue na mesma ordem: São Paulo, com 415.049 casos e 19.732 mortes, Ceará, com 146.972 casos e 7.148 mortes; e Rio de Janeiro, com 138.524 casos e 12.144 mortes.

O que é o novo coronavírus?

Trata-se de uma extensa família de vírus causadores de doenças tanto em animais como em humanos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em humanos, os vários tipos de vírus podem provocar infecções respiratórias que vão de resfriados comuns, como a síndrome respiratório do Oriente Médio (MERS), a crises mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda severa (SRAS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença covid-19.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

https://www.brasildefato.com.br/

Notícias

Covid-19: Petrolina registra 1.741 casos com 41 mortes

As curas clínicas aumentaram para 639.

A Prefeitura de Petrolina realizou 371 testes rápidos nesta quarta-feira (15), com 58 casos confirmados. O município também recebeu 13 confirmações por meio de exames laboratoriais. Dos testes, são 32 pessoas do sexo feminino com idades entre 8 a 81 anos, e 26 do sexo masculino, entre 7 a 71 anos. Dos exames laboratoriais são 7 pacientes do sexo feminino, entre 4 e 84 anos, e 6 do sexo masculino entre 25 e 78 anos.

Com esses 71 novos casos, Petrolina contabiliza 1.741 registros até o momento – destes, 168 são detentos da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes. Do total de positivados, 1.342 foram confirmados por testes rápidos da prefeitura e 399 diagnosticados através de exames laboratoriais. As curas clínicas aumentaram para 639. Petrolina tem mais um óbito por covid-19, totalizando 41 até o momento. A paciente era uma idosa de 81 anos, com histórico de comorbidades, que estava internada na rede pública da cidade.

A prefeitura aguarda o resultado da análise do material biológico que foi coletado de um homem de 51 anos, sem histórico de comorbidades, que faleceu nesta quarta-feira em um hospital da rede privada e foi notificado como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). O resultado do exame confirmará o tipo de síndrome respiratória.

Internamentos

A taxa de ocupação geral dos leitos de UTI da rede pública é de 62,5%. Dos 40 leitos disponíveis, 25 estão ocupados, sendo que 9 pacientes são de Petrolina e 16 de outras cidades da região. Os dados completos seguem abaixo

Taxa de ocupação de leitos 15.07.2020

Por Duda Oliveira – Assessor de Comunicação da Secretaria de Saúde de Petrolina

Notícias

Grupo Raros de Petrolina realiza Live Solidária neste sábado (11)

A live contará com a participação de vários artistas regionais e tem como objetivo arrecadar doações que serão destinadas às famílias do grupo que estão precisando de assistência em razão da Pandemia da Covid-19

O Grupo “Raros”, formado por familiares de crianças com síndromes raras, com apoio do Mandato Coletivo, realizará no próximo sábado (11) às 16h, uma Live Solidária para arrecadar doações para as famílias do grupo que estão precisando de assistência em razão da Pandemia da Covid-19.

A Live, que será transmitida nas redes sociais do grupo (Facebook) e do Mandato Coletivo (FacebookInstagram e Youtube), conta com a participação de vários artistas da região, como Flávio Leandro, Del Feliz, Ivan Greg, Nega Dell e Veva Show, Yago Santana, Felipe Lima, Corrinha do Acordeon, Elenildo do Acordeon, Neudo Oliveira e a cordelista Graciele Castro

Através de vídeos publicados nas redes sociais, mães e artistas convidam para a Live e pedem que as pessoas colaborem com doações.

“O Grupo Raros tem por finalidade apoiar e desenvolver ações para defesa, elevação e manutenção  da qualidade de vida de famílias de pessoas com síndromes e doenças raras, então essa live solidária organizada pelo grupo e pelo mandato coletivo tem grande importância, assim como as doações, pois nos permite estar ajudando essas famílias que estão realmente precisando do nosso apoio. Nós somos cerca de 200 famílias, mas dentro desse grupo nós cerca de 40 estão precisando da nossa ajuda. Precisando de alimentos, fraldas, suplementos e medicações que são caros e que não são fornecidas pelo estado e nem pelo município e com o isolamento social ficou ainda mais difícil recorrer à justiça para conseguir esses medicamentos. Por isso a importância da realização dessa live”, explica Patrícia Bonfim, coordenadora do Grupo Raros e mãe de uma criança com síndrome rara. 

Para facilitar as doações, foi criado um link no site Benfeitoria onde cada pessoa pode contribuir através do cartão de crédito. Uma outra possibilidade é a transferência bancária para a conta de um dos integrantes do Raros.

Dados da conta:

Caixa Econômica

AG: 0812

OP: 013

C. Poupança: 69176-0

Pedro Cauã Santos Souza

CPF: 113.594.964-67

Além dessas opções haverá ainda a possibilidade de contribuir durante a transmissão live por meio de um QR Code que ficará disponível na tela. 

Lembrando que quem não puder fazer doação em dinheiro e quiser contribuir de outra forma com suplementos, fraldas, cestas básicas, produtos de higiene entre outros, basta entrar em contato através do número (87) 9 8832-8842.

Sobre o grupo:

O Grupo Raros Petrolina, nasceu 01 de julho de 2016, do sonho de duas mães de crianças com síndromes e doenças raras que resolveram se juntar e criar um grupo de whatsapp com o intuito de realizar trocas de experiência. Mais com o tempo foi se observando as dificuldades e necessidades, a parti dai foi identificando mais famílias no vale do são Francisco  e grupo foi crescendo e virou um instrumento de apoio e luta para acesso as politicas publicas existentes. Hoje atendemos cercas de 200 famílias do Vale do São Francisco.

No dia 30 de janeiro de 2020 foi realizado assembleia de constituição transformando em SOCIEDADE INTEGRADA DE PESSOAS COM SINDROMES E DOENCAS RARAS, FAMILIAS E AMIGOS DO VALE DO SÃO FRANCISCO ou pela forma abreviada designada pela sigla GRUPO RAROS – uma instituição civil sem fins lucrativos, filantrópica e não governamental.

Onde obter mais informações?

Grupo Raros Facebook: https://www.facebook.com/rarosdepetro/
Grupo Raros Instagram: https://www.instagram.com/gruporarospetrolina/

Link para doação: https://benfeitoria.com/ajude-o-grupo-raros-gy3

Curta, compartilhe, DOE! 

Notícias

Petrolina tem 417 casos confirmados e 13 mortes por covid-19

Do total de casos confirmados, 159 já estão recuperados. Petrolina registrou uma morte por covid-19 neste domingo, aumentando o total de óbitos para treze. A vítima é uma idosa de 83 anos, que estava internada no Hospital Universitário (HU).

Petrolina tem mais três casos positivos da covid-19. As confirmações deste domingo (14) foram feitas por meio de exames analisados pelo Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE). Os pacientes são três homens de 39, 66 e 73 anos.

Com isso, Petrolina chegou ao total de 417 casos do novo coronavírus. São 298 confirmações por testes rápidos da prefeitura e 119 casos diagnosticados através de exames laboratoriais. Do total de casos confirmados, 159 já estão recuperados. Petrolina registrou uma morte por covid-19 neste domingo, aumentando o total de óbitos para treze. A vítima é uma idosa de 83 anos, que estava internada no Hospital Universitário (HU).

SRAG

Quanto aos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), o boletim aponta que o município continua com 100 casos em investigação, enquanto 30 já foram descartados. Confirmados somam 9 casos, além de 1 óbito.

Internamentos

Confira abaixo a taxa de ocupação dos leitos para a covid-19 na rede pública e privada de Petrolina.

Pacientes internados 14.06

Texto: Duda Oliveira – Assessor de Comunicação da Secretaria de Saúde de Petrolina

Notícias

Live aborda situação das comunidades rurais durante pandemia

O objetivo é chamar a atenção para a importância das medidas protetivas capazes de impedir a propagação da doença e preservar a vida das populações que estão mais vulneráveis.

Na próxima sexta-feira, 19 de junho, o Fórum de Entidades Populares de Campo Alegre de Lourdes (BA) irá realizar a Live “Defesa da vida nas comunidades rurais em tempos de pandemia”.

Em um momento que o novo coronavírus avança nos pequenos municípios e nas comunidades rurais do Brasil, a transmissão ao vivo tem o objetivo de chamar a atenção para a importância das medidas protetivas capazes de impedir a propagação da doença e preservar a vida das populações que estão mais vulneráveis.

A Live terá início às 19h e poderá ser assistida através da página da Diocese de Juazeiro no Facebook. O bate-papo vai contar com o filósofo e agente pastoral Roberto Malvezzi (Gogó), a doutora em Saúde Pública e professora da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf)  Ângela Carneiro e o pároco de Campo Alegre de Lourdes, Pe. Bernardo Hanke.

 

Texto e foto: Fórum de Entidades Populares

 

Uncategorized

Brasil ultrapassa 40 mil mortes por coronavírus

Levantamento feito com base nos dados de secretárias estaduais de saúde, compilados por Globo, Folha e Estadão, registra 40.276 mortes pela Covid-19. Nesta sexta-feira (12), Brasil deve superar Reino Unido e ficar apenas atrás dos EUA em vítimas da doença

Cemitério do Bonfim, em Belo Horizonte (Foto Adão de Souza/PBH)

O Brasil ultrapassou na tarde desta quinta-feira (11) a triste marca de 40 mil mortos pelo coronavírus. Segundo levantamento com base nos nos dados das secretárias estaduais de saúde, compilados pelo consórcio realizado entre Globo, Folha e Estadão, às 13h o país registrou 40.276 mortes e 1878.489 casos confirmados de Covid-19.

Com o maior número de mortes diárias pela doença no mundo, o Brasil deve ultrapassar nesta sexta-feira (12) o número de mortes no Reino Unido – que contabiliza 41.364 mortes -, ficando assim apenas atrás dos Estados Unidos, que já tem 113.168 vítimas fatais do coronavírus.

Pela manhã, o instituto de métrica da Universidade de Washington (IHME), uma das principais fontes utilizadas pela Casa Branca para monitorar os dados sobre coronavírus pelo mundo, afirmou que o Brasil deve se tornar epicentro da doença no dia 29 de julho. Nesse dia, o Brasil teria 137,5 mil mortos e os EUA, 137 mil.

De acordo com a projeção, e caso o país não mude sua estratégia de combate à doença, seriam quase 4,4 mil mortes apenas no dia 29 de julho – o dobro do recorde atual, que é de 2.262 nos EUA.

Para atingir a projeção, o número atual de mortes no Brasil precisaria quase quadruplicar nos próximos 50 dias. No entanto, um avanço desse tipo já ocorreu no Brasil: haviam 10 mil mortes registradas em 9 de março e 38 mil em 9 de junho.

https://revistaforum.com.br/