Publicado em 13 de dezembro de 2017 às 16:51

Brasil mais racista ou antirracista?

“Transbordou. O público-alvo padrão da exceção, do arbítrio e da ilegalidade de lastro estatal – o preto e/ou pobre e/ou da periferia – cada vez mais pode ser qualquer um”. *Por Nilton de Almeida.

Publicado em 3 de dezembro de 2017 às 11:07

Sobre intenção

“O racismo institucional consiste na falha coletiva de uma organização pública ou privada em prover um serviço apropriado e profissional às pessoas por causa de sua cor, cultura ou origem étnica. E no Brasil, esta falha é histórica e crônica.” *Por Nilton de Almeida

Publicado em 19 de novembro de 2017 às 20:05

“Respeite as pretas” em marcha

As mulheres negras foram fundamentais para minar a escravidão e tem se constituído cada vez mais como protagonistas na luta contra o racismo. E na defesa da vida da juventude negra. Do futuro.*Por Nilton de Almeida

Publicado em 18 de novembro de 2017 às 12:41

Nega maluca?

Na nossa região infelizmente ainda é comum o uso de termos que não nos representam.*Por Nilton de Almeida

Publicado em 17 de outubro de 2017 às 07:00

Rio São Francisco: um rio para todos

À degradação, falta de conservação e utilização extensiva da água do Rio São Francisco, aliada à negligência com as comunidades ribeirinhas e tradicionais, se reúne a proposta encaminhada a toque de caixa de mercantilização da Companhia Hidrelétrica do São Francisco. *Por Nilton de Almeida

Publicado em 25 de setembro de 2017 às 07:00

Consequências da Amnésia: do General Mourão à América Latina

A sociedade tem o direito e o dever de exigir explicações do Ministério da Defesa e da Presidência da República, sobre quais são os “planejamentos” do General Mourão e seus apoiadores. *Por Nilton de Almeida

Publicado em 15 de agosto de 2017 às 17:02

Diva e Angela: utopia para resistir à distopia

“Quando você escuta uma Diva Guimarães ou uma Angela Davis, senhoras e senhores… Ante o que passaram e ante aonde chegaram… Como não se orgulhar? É preciso aprender com elas”. *Por Nilton de Almeida

Publicado em 6 de agosto de 2017 às 21:53

367 menos 263

O grande vencedor, sem dúvida, deste desastre recente e que pode levar anos para ser revertido atende pelo nome de “Mercado”. Nome de fantasia do velho CAPITAL. O respaldo do campo político está na pior. A economia está na pior. Nossa qualidade de vida piora a olhos vistos. *Por Nilton de Almeida

Publicado em 25 de julho de 2017 às 09:28

NÓS NOS LEVANTAMOS

‘A complexidade e diversidade de histórias na formação das populações quilombolas no Brasil nos colocam diante da capacidade de sobreviver em uma sociedade essencialmente hostil. Ontem e hoje.’ Por Nilton de Almeida Araújo