Notícias

Sem motivos para comemorar, dia do Servidor Público é marcado com protesto contra PEC 32 em PE

Sindicatos afirmam que PEC da Reforma Administrativa irá destruir os serviços públicos no Brasil

Ato contra a PEC 32 aconteceu em frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE) – Rani de Mendonça/Brasil de Fato PE

Nesta quinta (28), data que marca em todo o país o dia do Servidor Público, acontecem diversas ações de mobilizações contra a PEC 32/2020, mais conhecida como PEC da Reforma Administrativa.

No Recife, a um grupo formado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), Intersindical e a União Geral dos Trabalhadores (UGT) protestaram durante toda a manhã em frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE). O objetivo é pressionar os parlamentares e partidos políticos a definirem posição contra a PEC, que pode ser submetida à aprovação do plenário até o final do ano, antes do recesso parlamentar.

Presidente da CUT em Pernambuco, Paulo Rocha explica as intenções do governo com a Reforma. “Bolsonaro com essa PEC ataca o servidor, mas por trás disso, o que ele quer é acabar com o serviço público no Brasil. Quer acabar com a estabilidade para impedir que a gente denuncie as maracutaias que ele tem feito. Por isso, é fundamental mais e melhores serviços públicos. A gente quer concurso público, quer a população tendo acesso à saúde e à educação pública e gratuita. Por isso o Dia Nacional em Defesa do Serviço Público” ressalta o sindicalista.

A avaliação do presidente da CTB em Pernambuco, Hemilton Bezerra, é de que a unidade das centrais é decisiva para que a reforma administrativa seja derrotada na Câmara, além de outras medidas propostas pelo governo “Nós temos uma série de pautas para enfrentarmos, são pautas da maldade. Tem a PEC 32; a PEC 23, que é o calote do precatório; ele quer privatizar o Banco do Brasil e quer vender a Petrobras. Nós precisamos ter uma ampla unidade porque tem um único caminho, que é derrotar Bolsonaro”, afirma.

Além da capital pernambucana, também houveram atos em capitais como Salvador e Brasília e a partir das 19h, o presidente nacional da CUT, Sérgio Nobre, dirigentes de entidades que defendem o setor público e parlamentares estarão em live no Faceboook e Instagram da CUT, que mostrará também um balanço das mobilizações realizadas hoje.

https://www.brasildefatope.com.br/