Notícias

Movimentos sociais organizam manifestação em Petrolina contra Bolsonaro, neste sábado 29

O protesto será presencial, mas, segundo os organizadores, há orientações para que os presentes mantenham o distanciamento social, usem máscara PFF2/N95, álcool em gel e demais cuidados para evitar o contágio pela Covid-19

Foto: Divulgação

Uma manifestação contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em Petrolina está prevista para o próximo sábado, 29. Organizada por sindicatos, movimentos sociais, organizações estudantis e lideranças partidárias, o ato “Fora Bolsonaro, Pela vida, pelo Brasil e o povo nas ruas” deve acontecer na praça da Maria Auxiliadora, no centro, às 9h.

Em publicações nas redes sociais, os organizadores realizam a convocação lembrando das mais de 400 mil vidas perdidas “pelo o descaso do Bolsonaro”.

O protesto será presencial, mas, segundo os organizadores, há orientações para que os presentes mantenham o distanciamento social, usem máscara PFF2/N95, álcool em gel e demais cuidados para evitar o contágio pela Covid-19.

De acordo com a coordenação do ato, haverá uma equipe responsável pela aplicação de álcool em gel e, em caso de necessidade, a distribuição de máscaras (confira a convocatória).

“A maioria da população já sabe, o governo Bolsonaro é o maior responsável por essa tragédia, jamais vista na história recente do país. Um verdadeiro genocídio, comparado apenas ao massacre de indígenas e africanos no período colonial.

Estamos diante de uma verdadeira guerra. O vírus é um inimigo invisível e mortal, com o qual precisamos lidar com as medidas sanitárias de prevenção (uso de máscara, álcool em gel, distanciamento físico); com os serviços hospitalares (ventiladores, UTIs, profissionais de saúde, medicamentos) e, principalmente, com a VACINA, medida imprescindível para salvar vidas.

No entanto, o presidente Jair Bolsonaro é o grande aliado do vírus. Seu governo, suas políticas, age, propositalmente, para matar pessoas. A gestão do governo federal na pandemia, além de mortes, tem aumentado o desemprego, a fome, a miséria, o fechamento de empresas, o desmonte do SUS e das mais diversas políticas sociais, numa crise sem precedentes.

Portanto, Bolsonaro é um inimigo que precisamos derrotar urgentemente para controlar a pandemia, para evitar o avanço do genocídio e, consequentemente, a destruição do Brasil.

Sabemos dos riscos de irmos às ruas lutar pelo país em um momento tão delicado. Mas nos parece bastante evidente, o risco maior é deixar que esse governo assassino continue usando recursos públicos para exterminar o nosso povo, especialmente, as populações em situação de maior vulnerabilidade.

Por isso, pela VIDA, pela DEMOCRACIA, integrando a mobilização nacional, as mais diversas organizações sindicais, partidárias, sociais, trabalhadores e trabalhadoras de Petrolina, realizaremos o ato “Fora Bolsonaro”, no próximo dia 29 de Maio, sábado, a partir das 9h, com concentração na Praça Maria Auxiliadora, , cumprindo as devidas orientações sanitárias.

Junte-se a nós! #ForaBolsonaro”

Foto: Divulgação

O evento tem apoio do SINTEPE-Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco, Sind-Univasf, SINERGIA-BA-Sindicato dos Eletricitários da Bahia, SINTRAF-Sindicato de Agricultura Familiar e STTAR-Sindicato de Trabalhadores Assalariados Rurais de Petrolina, junto ao Movimento de Mulheres Olga Benário, UJR-União da Juventude Socialista, Movimento Luta de Classes, RUA-Juventude Anticapitalista, UP-Unidade Popular, PT-Partido do Trabalhadores, Mandato Coletivo Gilmar Santos-PT, Partido Comunista do Brasil, PSOL-Partido Socialismo e Liberdade, Diretório Central de Estudantes da UNIVASF,  UJC-União da Juventude Socialista, UESP-União dos Estudantes Secundaristas de Petrolina, Coletivo Cores e Associação Raízes.

Coordenação de Agitação e Propaganda

Ato Fora Bolsonaro | Petrolina-PE