Cultura

Curta-metragem gravado no seminário estreia em Petrolina-PE

Gravado com incentivo do Funcultura, através do edital Revelando Pernambucos, o curta-metragem Chico e Flor – A lenda do Rio Opará estreia no dia 19 de novembro, na Ilha do Massangano.

Chico e Flor – A lenda do Rio Opará. Foto Thierri Oliveira

O Rio São Francisco é cenário da história protagonizada pelos personagens Chico (Rafael Moraes) e Flor (Camila Rodrigues). Gravado e produzido em Petrolina, no sertão de Pernambuco, com incentivo do Governo do Estado, através do 13º edital do Funcultura Audiovisual, Chico e Flor – A Lenda do Rio Opará será exibido gratuitamente nos dias 19, 28 e 29 de novembro em Petrolina-PE, respectivamente nas comunidades da Ilha do Massangano, Rio Corrente e José e Maria e soma-se à produção audiovisual da região tendo a infância como público-alvo principal.

Chico e Flor – A Lenda do Rio Opará, conta a história de Chico, um barqueiro que vive sozinho em seu barco ancorado na margem de um rio e sonha um dia poder navegá-lo para realizar sua grande missão: enfrentar os monstros e as lendas para reencontrar seus pais. Chico tem como amiga a jovem Flor, uma garota corajosa que adora ouvir as histórias e as fantasias desse barqueiro. A dupla passa a tarde a imaginar aventuras cheias de encantos e mistérios em hipotéticas viagens rio acima e rio abaixo. Em um desses encontros, Chico decide contar para Flor a história da origem do Rio Opará, também conhecido como Rio São Francisco, utilizando uma máquina do tempo deixada por gerações passadas de sua família. A história do Rio Opará vai aquecer o desejo de Chico em encarar sua missão, e a corajosa Flor incentivará o início dessa aventura.

O curta, que é uma adaptação do espetáculo teatral “Chico e Flor contra os monstros na Ilha do Fogo” para as telas do cinema,  é produzido pela Abajur Soluções Artísticas e pela Cia Biruta de Teatro, com direção de Antonio Veronaldo, direção de fotografia de Fernando Pereira, direção de arte de Cristiane Crispim e Leticia Rodrigues, trilha sonora original de Carlos Hiury e Moesio Belfort, sendo todos/as artistas e trabalhadores/as da cultura que atuam no sertão pernambucano e fortalecem a cena cultural dessa região.

Chico e Flor – A lenda do Rio Opará. Foto Thierri Oliveira

O projeto visa proporcionar ao público, sobretudo às crianças, o acesso à diversidade e pluralidade cultural do estado de Pernambuco, atendendo a uma demanda, inclusive, da sua formação, que versa sobre o respeito e  reconhecimento da diversidade cultural do país,  pois sabemos que na maioria das vezes esse público é apresentado somente a produções audiovisuais que narram culturas hegemônicas eleitas como globais e pouco acessam as narrativas do imaginário local pela falta de investimentos no conhecimento plural.

É também pensando na ampliação da democratização desse acesso que as exibições do curta se darão em bairros periféricos e na Ilha do Massangano, comunidade ribeirinha de Petrolina. E para ampliar ainda mais o acesso, o projeto se propõe a oferecer a tradução em Libras, reafirmando a importância de que pessoas com deficiência auditiva sejam incluídas nos processos de democratização cultural.

Chico e Flor – A lenda do Rio Opará. Foto Thierri Oliveira

Sobre os realizadores:

Fundada em 2012, pelo bailarino e técnico de iluminação cênica Fernando Pereira, a Abajur Soluções Artísticas é um desejo de fazer arte em audiovisual. A Abajur vem propondo e realizando trabalhos na área de edição de imagem e vídeo em Petrolina, Pernambuco, em uma busca constante por profissionalização e fortalecimento coletivo através de projetos e ações colaborativas com grupos, artistas, produtores e empresas no setor cultural da cidade.

A Cia Biruta de Teatro atua há 13 anos em de Petrolina, Pernambuco, buscando criar diálogos na concepção de seus projetos e espetáculos com as questões sociais e políticas do Brasil contemporâneo, a partir da pesquisa antropológica dos processos e práticas populares de cultura e resistência das margens do rio São Francisco. O grupo opta por aliar a produção teatral com ações de formação artística de jovens da periferia, de que é resultado a criação do Núcleo Biruta de Teatro, onde desenvolve experimentações estéticas e pedagógicas. Nos últimos anos, devido à pandemia, intensificou o diálogo entre o teatro e o audiovisual, pensando em formatos híbridos e processos de adaptação e tradução da linguagem do teatro para o cinema.

Chico e Flor – A lenda do Rio Opará. Foto Thierri Oliveira

Serviço:

Exibição do curta-metragem Chico e Flor – A lenda do Rio Opará

Quando:

19/11/21 às 18h30 – Ilha do Massangano (Petrolina-PE)

28/11/21 às 16h00 – Cine Teatro CEU das Águas (bairro Rio Corrente – Petrolina-PE)

29/11/21 às 19h00 – Associação das Mulheres Rendeiras (bairro José e Maria – Petrolina-PE)

Entrada Gratuita

Acessibilidade:

Tradução em Libras

Ficha Técnica: Direção, dramaturgia e cenografia: Antonio Veronaldo

Direção de Fotografia, montagem, edição e animação: Fernando Pereira

Roteiro: Antonio Veronaldo e Fernando Pereira

Revisão de Roteiro: Wllyssys Wolfgang

Direção de Arte: Cristiane Crispim e Leticia Rodrigues

Produção Executiva: Cristiane Crispim

Assistência de produção: Amanda Martins

Elenco: Camila Rodrigues e Rafael Moraes

Técnico de Som Direto: Tássio Tavares

Trilha Sonora Original: Carlos Hiury e Moesio Belfort

Social Media: Camila Rodrigues e Leticia Rodrigues

Concepção de Figurino, Maquiagem e Adereços: Leticia Rodrigues – Quilombo Urbano

 

Costureira: Arlete Regina Rodrigues

Suporte Técnico e Camarim: Joana Crispim

Still: Thierri Oliveira

 

Intérprete de Libras: Rejane Silva Apoio Cultural: Associação das Mulheres Rendeiras, Associação da Ilha do Massangano, Cafeto, Madame Voodoox, Pipa Produções, SECULT – Prefeitura de Petrolina

 

Produção: Abajur Filmes

Realização: Cia Biruta de Teatro

Incentivo: Fundarpe/SecultPE – Funcultura Audiovisual – Ano 2019/2020

 

Encontre a Abajur Filmes:

Instagram: @abajursolucoes

Facebook: /abajursolucoes

Site: www.abajursolucoes.com.br

 

Encontre a Cia Biruta de Teatro:

Instagram: @ciabiruta

Facebook: /ciabiruta