Notícias

Em menos de três meses, Vereadora Cristina Costa do PT, tem 10 projetos de lei aprovados na Casa Plínio Amorim

Patrulha Maria da Penha e a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher são novas leis que fortalecem a rede de proteção contra a violência.

Nesta quinta-feira (12), o projeto de lei 023/2018 de autoria da Vereadora Cristina Costa do Partido dos Trabalhadores foi aprovado por unanimidade na sessão ordinária da Casa Plínio Amorim. O projeto trata de um assunto sério de saúde pública que é a depressão infanto-juvenil. A proposta é instituir a Semana Municipal de Conscientização da Depressão Infanto-Juvenil que será realizada do dia 08 a 14 de outubro de cada ano, no município de Petrolina.

É o décimo projeto de lei da vereadora petista, aprovado na Câmara Municipal em menos de três meses. Os projetos, pelo menos quatro já são leis sancionadas pelo Prefeito Miguel Coelho, criam campanhas de conscientização de problemas de saúde pública, a exemplo do câncer infantil, síndrome do transtorno do pânico (campanha para o mês de setembro), campanha “Coração de Mulher”, de alerta e orientação às mulheres sobre o diagnóstico precoce e prevenção de doenças cardiovasculares.

Além dos projetos de saúde, Costa também criou a lei de conscientização de cuidado com os animais. O mês de reflexão sobre o abandono de animais na cidade de Petrolina, a ser celebrado anualmente no mês de dezembro, recebendo a denominação “Dezembro Verde”. Sendo Cristina professora, ela criou a medalha Isabel Cristina, honra ao mérito aos profissionais em educação, em homenagem à eterna deputada do PT, Isabel Cristina.

Como mulher, militante contra violência e a favor dos direitos humanos, destacam-se as leis criadas pela parlamentar, as que fazem parte de sua plataforma de luta.  As que dispõe sobre o uso de espaços públicos de publicidades para campanhas educativas de combate a atos de violência contra a mulher, que  estabelece diretrizes para a política de combate à violência nas escolas da rede pública municipal de ensino, a inclusão nos sites da Prefeitura Municipal e da Câmara de Vereadores da relação de serviços de proteção a mulher vítima de violência. Complementando esses projetos, os que farão grande diferença como instrumentos na rede de proteção de vítima de violência, estão as leis que criam a Patrulha Maria da Penha e a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara de Vereadores.

Outros dois projetos de Cristina Costa tramitam nas Comissões da Casa Plínio Amorim.

 

Assessoria de Imprensa

Cristina Costa

Vereadora do PT

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta