Notícias

Ocupação na UPE/Petrolina completa 30 dias

Durante todo esse tempo, muitas atividades aconteceram no campus.

Estudantes da Universidade de Pernambuco (UPE) ocuparam os prédios do campus Petrolina e paralisaram as atividades a partir do dia 10 do mês passado. Eles decidiram em assembleia que a paralisação seria por tempo indeterminado, com reavaliação a cada segunda.

14606370_10210249903862459_319199666912041154_n

[Assembleia geral dos estudantes / Foto do Facebook]

Durante todo esse tempo, muitas atividades aconteceram no campus. Debates, rodas de conversas, palestras e aulas públicas foram realizadas a fim de esclarecer as políticas de retrocesso do governo Temer (PMDB).

A ocupação é contra a PEC 55 e contra a reforma do ensino médio e reinvidica melhorias das condições de estudo para os estudantes da UPE.

14980815_384367815286508_757991630482301990_n

[Estudantes em atividade no campus / Foto do Facebook]

Apesar de estarmos em estado de paralisação, a UPE nunca esteve tão em movimento como neste momento. Várias atividades estão sendo realizadas as quais atendem várias temáticas diferentes. Além disso, nos somamos a luta dos estudantes da Univasf e temos contado com um grandioso apoio de nossos professores, grupos de estudos e movimentos populares e estudantis!“, disseram em nota divulgada na primeira semana da ocupação.

Durante esse período, os estudantes divulgam suas atividades na página OCUPE TUDO no Facebook.

14991395_386231165100173_2548698416375379429_o

[Intervenção artísitca realizada pelos estudantes / Foto do Facebook]