Notícias

Educação Pública é tema do segundo encontro da VI JURA na UNEB de Juazeiro

A 6ª edição da JURA acontece no Auditório ACM, no Departamento de Tecnologias e Ciências Sociais (DTCS) da UNEB, em Juazeiro

Foto: Divulgação.

Com o tema “Educação pública: o fechamento das escolas do campo, o sucateamento das universidades e a greve como forma de reivindicação”, será realizado nesta terça-feira, às 16h, na Universidade do Estado da Bahia (UNEB), o segundo momento da VI Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária (Jura). Movimentos sociais, comunidade acadêmica e público externo irão debater a importância dos investimentos em educação para o desenvolvimento do país.

A discussão acontece justamente no dia em que três das quatro universidades estaduais da Bahia, (UEFS, UESB e UNEB) iniciam a greve por tempo indeterminado. A mesa conta com a presença de Djacira Araújo, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), e do professor Sérgio Guerra, da Seção Sindical dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (ADUNEB), que atua há mais de 30 anos na luta pela educação pública.

A deflagração da greve, que aconteceu no final da tarde desta quinta-feira (04) já vem sendo debatida há algum tempo pelos docentes e comunidade acadêmica. Dentre as problemáticas estão o contingenciamento da verba destinada para investimento e manutenção das universidades estaduais. No ano passado, apenas 4,45% da Receita Líquida de Impostos (RLI) chegaram às Universidades Estaduais da Bahia (UEBA), o menor percentual desde 2015.

Além disso, a categoria vem sofrendo ataques à carreira e arrocho salarial há alguns anos.

A 6ª edição da JURA acontece no Auditório ACM, no Departamento de Tecnologias e Ciências Sociais (DTCS) da UNEB, em Juazeiro, e a programação se estende até o dia 3 de maio. Para outras informações, é possível acessar o Instagram do evento: @jornadareforma.

 

 

Ascom/JURA